20 dezembro, 2006

Uma possível estória de amor I


17 comentários:

J disse...

Ana,

sempre inspirada! Adoro as tuas possiveis estórias de amor!

Um grande beijinho

Kiau Liang disse...

WoW!!!

Ana Oliveira disse...

Obrigada J, já recebi o teu email :)

Kiau, estiveste bem! Esse teu comentário fez-me rir!

Constança disse...

Oh . . Juntos só em espírito ? Espero que ainda não esteja terminada ! :)



De resto, está um primor, como sempre !

*

Ana Oliveira disse...

Olá Constança! Engraçada a tua interpretação da coisa.. na realidade eu ía chamar a este desenho "Não andamos todos a pensar o mesmo?", e era supostamente de como uma pessoa pode pensar uma coisa sem sonhar que a outra pensa o mesmo...
Mas está terminada sim, aliás ficou um bocado mal amanhada, estava a fazê-la com pouca luz.

Crash disse...

As tuas possíveis estórias de amor fazem-me sempre sentir um bocado lamechas. lol :)

Mas é uma excelente visualização da situação. Congrats.

Ana Oliveira disse...

Crash: Eu tenho uma costela lamechas, e estas estórias andam sempre à volta do mesmo :)

greetings

Constança disse...

Pois devo dizer que também gosto bastante da interpretação original ! :)*


Beijinho Ana e Bom Nataaal ! *

Peg solo disse...

q giro! encontrei agr o teu blog, gostei. esta está mm gira!
;)

florbola disse...

Ai Ana, tão LINDA!!!!!!!!!
Adoro as tuas interpretações das coisas simples da vida. : )))))))
Aproveito para te desejar um Natal MUITO MUITO Feliz!!!!! Até lá.... Boas estórias ; )
Beijinhos : ))))))))

o habitante disse...

Muito Bonita.
Cheguei aqui hoje.. penso que voltarei. :-)

Ana Oliveira disse...

Peg solo e habitante, sejam benvindos.

Florbola, obrigada :)e um feliz natal a todos

mitzrael disse...

Feliz Natal!

ikki disse...

O desafio já lá está...no meu último texto (A cidade)...

Acho que não é fácil...

ikki disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sara disse...

fantástica!

Fernando Ramos disse...

Uma amiga que adora o blogue me indicou esta ilustração pra um texto meu em um blogue em que escrevemos.

Pus a imagem antes do conto no blogue, espero que não se importe. E claro, dei os créditos. Passe por lá:

www.confrariadostrouxas.blogspot.com

O conto se chama A Japonesa. Abraços!