23 julho, 2006

Osculando batráquios...

Ando obcecada com a estória do príncipe sapo. O mais ridículo é que nem sequer a conheço (vou investigar...)
Este desenhinho é bem pequeno, foi feito nas costas de um cartão de hotel, tem 6 cm por 4cm.

7 comentários:

Vodka e Valium 10 disse...

Gosto especilamente da hiatória do Shreck, porque tem todos os elementos do conto tradicional, mas inverte-os de forma muito inteligente.

Lembrei-me disso, porque no segundo filme, o pai da Fiona regressa ao seu estado original, o de sapo.

Ana Oliveira disse...

Entretanto pude ler a estória do principe sapo. É dos irmãos Grimm, o que para mim seria um indicativo de ser macabra de certeza! E confirma-se: afinal, para meu grande espanto, o bicho não vira principe depois do beijo da princesa, mas sim depois de ela o atirar à parede!

Curioso, já nem me lembrava dessa cena do shreck.. bem visto..

apple disse...

Gosto dos teus sapos e das tuas meninas princesas!
Gosto mesmo muito, talvez porque ando nuna demanda a ver se encontro algum principe encantado disfarçado de sapo ;-)
Bjs
Apple

Ana Oliveira disse...

Apple: :) ihihihih... apetecia-me pôr aqui uma daquelas frases feitas muito pirosas, do género "pior mesmo é que também há sapos disfarçados de principes!" mas não vou fazer isso. Boa sorte!

menir disse...

A estória de todas as estórias é O Principe Feliz de Oscar Wilde, a única que me punha a chorar como se não houvesse amanhã...

apple disse...

Estimada artista!!gosto tanto dos teus desenhos (de todos) mas tenho uma predilecção pelas princesas e seus sapinhos, posso imprimir uns? quero fazer uma montagem e emoldurar para pôr no meu escritório!Posso?
:-)
A

Ana Oliveira disse...

APPLE!!! Mas claro que sim!! O que eu acho mais genial nestas pessoas todas simpáticas que me comentam é pedirem licença para tirarem desenhos duma maneira tão... simpática! Tira tira! bjnhs