14 agosto, 2012

Ser ilustrador em Portugal

Desde que me meti neste mundo que é a ilustração - bom, e desde que estou registada nas finanças e pago as minhas contas - que gostaria de ajudar a pôr de pé uma associação, um sindicato ou o que fosse que protegesse, e que de algum modo legislasse a profissão de ilustrador. 
Já me cansei de tentar explicar aos senhores das finanças o meu trabalho e vê-los a perguntar ao colega do lado "Esta menina é ilustra...cionista...? Como é que eu faço isto?
*suspiro*
Since I ever got in the world of illustration and since i'm part of this society and I pay my own bills, that I feel i'd like to help putting up an association or whatever that would look after illustrators interests, duties and rights.

Muito se tem falado entre os ilustradores portugueses sobre a criação de uma coisa destas. Em 2008 foi criado o CLIP - Clube dos Ilustradores de Portugal, que por algum motivo me passou completamente ao lado, infelizmente, e que hoje parece estar adormecido.
Much have been said among the portuguese illustrators about creating such a thing. CLIP (Portugal illustrators Club) was created in 2008, but I wasn't aware of it in that year, and unfortunatelly, it seems to be very quiet now.

O facto é que não é nada fácil pôr uma destas coisas de pé, com um grupo de pessoas tão heterogéneo e com uma profissão tão diversificada, mas o facto é que existem grupos destes em praticamente todo o lado (Espanha - Madrid - , Itália, InglaterraIrlanda, Brasil...) já para não falar do fabuloso documento que é o Guia do Ilustrador feito a pensar no mercado brasileiro, mas cheio de bons conselhos e uma óptima base para um novato começar...
The fact is that its not easy to make an association with such an enormous group of people, with such a diversified profession, but the thing is that this kind of groups ou associations or whatever DO exist in many countries (check the names above). Brasil has a great document for beginners called Guia do ilustrador (Illustrator's Guide). It was made for the brasilian market, but even so, has lots of good advice. 

Eu andava nestas deambulações quando vi pintado numa parede em Lisboa, junto à Fundação Calouste Gulbenkian o stencil que podem ver acima. Depois entrei num debate sobre o mesmo tema num grupo de Facebook e mais recentemente fiz os seguintes desenhos (cliquem sobre elas para ver melhor):
So there I was, thinking about all this when I noticed the stencil that you can see above, in one of Lisbon's walls. I recently entered in a facebook's group discussion about this and then made this drawings (they will enlarge if you clic on them):
Trabalha de graça (se fôr essa a tua vontade)...
Work for free (if you want to)
 ...ou por um preço justo.
...or for a full price
...Mas nunca por um preço baixo.
But never cheap.

Pode parecer inofensivo mas dá cabo do mercado, abre precedências e faz com que os clientes achem que é "normal" pagar trabalho criativo com "caramelos".
É uma coisa que eu devia colar na testa na altura de dar orçamentos...

Nota: para os mais distraídos, este ultimo desenho contém uma citação de um verso do Sérgio Godinho na musica "Cuidado com as Imitações" do album Campolide. É tão actual que até dói.

And the drawing goes: "Yes, indeed, your work is beautiful but you know, the budget is low... Let's do this: you do this in one week and i'll give you a dried Cod, a Cake and a Sausage!"
It might seem like it can't hurt anyone, but to work for low payment ruins the market and makes clients think like they are allowed to pay criativity with peanuts.
I should glue this to my forehead when i'm discussing budgets with clients...

8 comentários:

Anónimo disse...

Yes!!! era uma velha conversa nossa. Devias mandar o stencil ao Claus que trava a mesma batalha bjs ME

Anónimo disse...

Uma ilustração tua com 1330 shares no facebook.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=453716667994354&set=p.453716667994354&type=1&ref=nf

Ana Oliveira disse...

Sim, eu sei, obrigada.
Já escrevi a essa rapariga, mas ela não me respondeu.

Shiilia / Cristina disse...

Olà :)
Desculpa de vir aqui fazer perguantas, mas tenho uma que posse que podes me responder:)
Sou illustradora en Franca, trabalho en casa et pago impostos aqui, et para um organismo que se chama MDA (casa dos artistatas) que faz seguranca social et tudo isso..
Mas o meu namorado e eu queriamos ir morar en Portugal, et nao sabemos como é que se passa ai pour ser illustrador com um trabalho jà a fazer(nao comeco)

Obrigado se pegares um momento <3

Ana Oliveira disse...

Oi Shiilia, vou-te responder por email, ok? :)

Shiilia / Cristina disse...

ok :)

Luis [ESJGF.info] Pitta disse...

Eu trocava a tradução "mas nunca por um preço baixo!" por "mas nunca ao desbarato!". É mais forte, mais proximo da realidade e ainda por cima mais fiel à tradução ;)

Anónimo disse...

Tenho pena de ainda nao existir um organismos para regularmentar o trabalho de ilustrador. Ja recebi propostas de pag com cenario e paleta completa mas com aviso previo de q nao pagariam mais do q 2:50 por ilustracao. Ainda existem editoras que pensam q ilustracao e o trabalho q pedem ao sobrinho e nao a pessoas que querem viver disso e teem contas p pagar.