17 julho, 2011

O Zé vai ao Zoo (um livro numa semana)

Aqui está o segundo exercicio que fiz no workshop de ilustração infantil que fiz no Ar.Co.
Tal como no primeiro, já tinha ouvido falar de alguma coisa deste género, mas não sabia muito bem no que consistia... que era o seguinte:
Fomos desafiados a contar uma história sem palavras, só com recortes, de uma visita ao Zoo.
Em baixo está a minha capa.
O titulo era mesmo "O Zé vai ao Zoo" e o briefing não podia ser mais simples e concreto:
- Usar três cores apenas
- Contar a história em quatro duplas (o nome dado a duas páginas, lado a lado)
- Cingir a história à visita (sem histórias paralelas, sem criancinhas a cair na fossa dos ursos...)
- Que desse a entender que era um passeio no Zoo e não num outro sitio qualquer com bichos

Keep it simple, era o que apetecia dizer :) E foi isso que tentei.

Uma vez mais acho que as cores de cartolina que escolhi não foram as mais felizes, mas o tempo era tão escasso que não dava para grandes indecisões. Quis por força usar um cor de rosa que desse para representar flamingos e escolhi as outras cores por contraste, dentro do que tinha à disposição. Ficou um pouco electro-pop, mas gostei!
Depois da capa vêm as guardas, que são aquelas folhas que "guardam" o miolo e o colam à capa. Neste caso tentei repetir o elemento da capa (a árvore) mas já com um bicho.
Na minha primeira página dupla fiz o Zé a entrar no Zoo (visto de dentro) e os bichos a recebe-lo.
Depois um pequeno jogo de composição em espelho: na página da esquerda uma espécie de vista aérea e na da direita um passaroco.
Na terceira dupla outra brincadeira com a composição... as grades da jaula do macaco (à esquerda) fazem eco das perninhas dos flamingos (à direita).
No final o Zoo fechado e visto de fora (era suposto colocar ainda uns bichinhos a espreitar por cima das grades, mas o tempo não deu para mais e tive de cortar o supérfluo)
As guardas do fim fazem também referencia á árvore...
...que aparece na contracapa.
Acrescentei um código de barras, porque livro que é livro tem um :)

5 comentários:

Laideronnette disse...

adorei! mesmo o electro pop. eu gosto de roxo e laranja :)

Bid disse...

Acho que esse livro é óptimo para as crianças. Adoro livros sem texto, que não limitem a história ao que lá está escrito. Eu próprio consegui inventar umas poucas.. então nas mãos de uma criança poderá ser um livro sem fim! Parabéns.

roanita disse...

Parabéns! Rápida e eficaz...
e fiquei a perceber um pouco mais deste tipo de ilustração (que associo ao Planeta Tangerina) e que, sinceramente, não é das minhas favoritas. Mas com alguma ajuda, interpretativa, talvez comece a perceber e a gostar um pouco mais!

m disse...

Que máximo, Ana! O limite das 3 cores cria um efeito muito especial. Parabéns!

Ana Fonseca disse...

fiz o mesmo workshop na Ar.Co e adorei. mas o teu livro está mesmo um mimo. parabéns!!