03 novembro, 2010

Presépio para pendurar

Este Natal estreio-me nas lides dos presépios!
Lembro-me sempre do que havia na casa da minha avó, muito bonito e cheio de figuras.
Umas eram grandes e outras eram mais pequenas, e serviamo-nos disso para dar noção de profundidade aos presépios que construíamos com montes de musgo e lagoinhas de espelho... O Menino Jesus era particularmente bonito porque tinha imenso pormenor, com unhas nos dedinhos das mãos e tudo.

Mas enfim, eu sou uma escultora em pousio e uma ilustradora em potência de modo que o meu presépio é desenhado!

6 comentários:

Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

que lindo!
quero um.

anafonseca disse...

que lindo :)

Lazy Cat disse...

A minha avó também fazia um presépio assim, enorme, com montes e uma cascata de papel de prata, e uma fogueira que acendia e tudo (uma làmpadazita embrulhada em papel vermelho). Ainda me lembro de ir com ela apanhar musgo.
E decorava a casa toda.
Aquilo para ela era um ritual. Para mim era uma festa.

Boas lembranças me trouxeste agora, dos tempos em que ainda sentia a magia do Natal. Obrigada. =)

Graça Rocheta disse...

Quando vi estas figurinhas lindas pensei: são coisas assim que me fazem gostar do Natal...

R. disse...

Olá Ana!
Como posso ter um presépio destes?! Adorava muito :)
Um beijinho*

Ana Oliveira disse...

Olá R.
manda-me um email, sim?
anaescultura@gmail.com

Obrigada!
Beijinho