19 fevereiro, 2010

Já inaugurou o ILUSTRARTE!!!

Exactamente há 8 dias inaugurou o Ilustrarte, a IV Bienal de Ilustração para a Infância que tem neste ano a sua primeira edição lisboeta!
Eu fui à inauguração e recomendo vivamente que lá passem! São 50 ilustrações, todas com o que eu chamo efeito UAU!

Podem vê-la no Museu da Electricidade, em Lisboa, até 4 de Abril.
Morada:
Av. de Brasília, Central Tejo
1300-598 Lisboa
tel: +351 927 781 536

Ah e eu não fui seleccionada - outra vez.
Acho que tenho de ser mais arrojada...

*A imagem é de Isabelle Vandenabeele, a vencedora do Ilustrarte, e foi retirada do site da Bienal.

8 comentários:

Mg disse...

Já somos duas então (a não serem seleccionadas!)!

Digamos que aquilo é digno de uma boa tarde, dia, dias, sei lá, muito bem passados :) Há ilustrações de sonhos! :)

Esta fascinou-me! - http://www.laetitialesaux.com/

Anónimo disse...

:) eu gosto imenso dos trabalhos que fazes. Adoro esse estilo muito "naive" feito com as aguarelas. Continua a tentar ;)

(a ver se é este ano que dou um saltinho à Illustrarte)

Anónimo disse...

Os nomes Portugueses são sempre os mesmos todos os anos, só entra um nome novo em cada edição! Dei-me ao trabalho de fazer estatísticas!

Mg disse...

Sim há que dizer que joão vaz de carvalho é quase o ilustrador "residente" do illustrarte, mas pronto é só um pormenor, mas convenhamos, ele é bom no que faz, eu pelo menos aprecio e muito o trabalho dele.

Ana Oliveira disse...

Eu também já reparei que no ilustrarte quem não ganha leva com uma menção honrosa e coisas do género... e sim, são quase sempre os mesmos nomes, mas o que se há-de fazer?

Se calhar pro próximo ano concorro com um pseudónimo estrangeiro ;) ehehehe

Mars disse...

Fui lá hoje a lembrei-me tanta vez de ti =)
Adorei e espero que da próxima consigas ter um lugarzinho no podium. Mereces.
Küss

FAQ(er) disse...

Sim, sim, há imagens muito bonitas e isso, mas só consigo conceber a maior parte das que vi como ilustração para infância num mundo alternativo, onde as crianças enfardam doses cavalares de LSD desde a idade do biberão. Pelo amor do Menino Jeusu, pá! É quase sempre a mesma treta de um qualquer pseudo-experimentalismo-modernismo-vanguardista-e mais o raio que se lembrarem para conseguirem enfiar os trabalhos num universo infantil. (ah! esqueci-me de mencionar a palavra "desconstrução"). Já é tempo de deixaram de premiar o apreço pelo umbigo dos autores e passarem a dar importância ao objectivo pretendido: ilustração para a infância (a sério, com criancinhas).

Dito isto, Ana, gosto das tuas ilustrações. :)

Ana Oliveira disse...

Obrigada FAQ(er) :)

Eu também concordo que o termo "ilustração para a infância" quando se fala do Ilustrarte é um bocado discutível, mas por outro lado gosto verdadeiramente de muitos daqueles ilustradores, pelo que talvez nem tudo tenha de ser delicodoce...

Enfim, e eu que até lhes mandei umas capuchinhas vermelhas em lingerie pensando que já estava a pisar a linha :) Da próxima vez serei realmente explicita.