09 julho, 2008

Coisas oferecidas


(Esta está a ser uma semana macaca, cheia de coisas estranhas.. talvez seja mesmo um ponto de viragem. Aqui vai uma gazeta dos últimos acontecimentos.. 
Assim quase do nada surgiu-me uma maravilhosa oportunidade de partilhar um atelier e antes que eu conseguisse dizer supercalifragilisticexpialidocious, já estava a ver o espaço... É com orgulho que anuncio então que estão a ler o blog de uma feliz arrendatária de atelier, com direito à primeira mensalidade e caução pagas! Agora só falta ir pra lá e bulir até cair! Raios me partam se não vou ser uma escultora-ilustradora a sério depois disto.
A feirinha foi particularmente fraca. Não sei se é do verão que leva as pessoas pra praia, ou se da crise, ou mesmo se da falta que o cafézinho faz no Jardim da Estrela.. o que eu tenho a dizer é que me fartei de estar sempre a desbaratar as minhas aguarelas ao preço da uva mijona e que isto vai acabar. Não compraram aguarelas baratas até agora, azar. A partir daqui é tudo ou comercial e barato, ou com preço mais justo.
Hoje no museu entrou um homem armado. Não aconteceu nada de mais mas deu pra arrepiar. Se trabalhar lá não me sustenta nem me preenche, começo a pensar que até dobrar cuecas na Zara não será mau de todo...)

Um caríssimo amigo meu encontrou uma caixa de aguarelas nas suas arrumações e resolveu oferecer-ma. São 12 tubinhos de marca Rembrant, tão bonitos que dá vontade de comer.. encontrei cá por casa um bloquinho que o meu pai me comprou algures e hoje, porque já não desenhava nada há tempo demais, esbocei a minha gata adormecida. 

15 comentários:

Avozinha disse...

Como diz a Joana, porque é que a Chinfrim não vai visitar o filho, o Renhau? Ah mãe desnaturada!
Felicidades para a nova etapa!

Célia Jordão Alves disse...

Desejo-te toda a sorte do mundo. O resto necessário farás tu por isso, com certeza.

guiga disse...

Eh lá, mas tens aguarelas para venda? Online?
Boa sorte nesse novo atelier!!!!
*.*

Confras disse...

Muito boa sorte para o novo atelier! Não tenho dúvidas que será um sucesso.
É penoso saber que a época de saldos das aguarelas acabou, mas parece-me justo.

Já agora, fiquei intrigada:"a falta que o cafezinho faz no Jardim da Estrela"? O café fechou? Não vou à Estrela há uns tempos, mas nem quero acreditar que o café fechou...

Ana Oliveira disse...

Avozinha: Seria uma grande bufadela, mas era um encontro que eu também gostava de ver :)

Célia: Obrigada

Guiga: as minhas aguarelas estiveram sempre disponíveis, de momento tenho muito pouca coisa, mas quando fizer mais não terei qualquer problema em disponibiliza-las online..

Confras: O café fechou até virem dias melhores.. Pelo que sei vai ser aberto um concurso para se fazer lá um café novo. Estupido é que o fechassem exactamente no verão, quando as pessoas o procuram mais.. e a falta que faz à feira..

A. disse...

eu gosto da tua forma de escrever quase tanto quanto desenhas! : ) fazes-me sorrir enquanto leio. e gosto disso. e que tal um dia um livro texto com ilustração?
boa sorte para o atelier!
bjs.
A.

Ana Afonso disse...

Ana, adorei o post! Mas olha, em vez de dobrares cuecas na Zara não queres ir fazer o workshop do Richard? eu vou inscrever-me. Gostava de t ver por lá, até pq já tinhamos ponderado isso. Que dizes? :)é pós-laboral e tudo!

Ana Maria C. Bruni Territorio Mulher disse...

Maravilhada com seu trabalho e sensibilidade
te abraço

Ana Maria Bruni

Flávia Leitão disse...

Parabéns para o novo atelier! Acho que é o passo derradeiro para a total devoção! Dar espaço a um objectivo! Gosto!

Pat disse...

"supercalifragilisticexpialidocious", diz quem segue e admira o teu trabalho.

...essa coisa de me aumentares o preço das coisas é que não pode ser pá!!! :) Estou a brincar, como é óbvio! Acho muito bem que lhes coloques um valor adequado.

Go Get Them!!!!!

Ana Alegria disse...

Estou-me a tornar numa leitora relativamente assídua do teu blog. Pois não fosse este, um espaço onde reina a ilustração e uma escrita muito bem rebuscada, sempre pincelada de humor.

Boa sorte, para esta nova fase! Parabéns! :)

ana luís vieira disse...

PARABÉNS!!!!
Boa sorte!!!

Big Brother disse...

Folgo em ver-te outra vez a praticar mais e a partilhar connosco, claro!

André disse...

o que faz falta a essa feira é mais feirantes. A feira, assim como está, é um verdadeiro desconsolo. Meia dúzia de estaminés. Quem lá foi uma vez não volta uma terceira. Ou isso ou mora mesmo ali, ou é familiar, amigo...

soube da estória de um artesão que contactou a "associação" para poder expor os seus trabalhos na feira. Não deixaram, disseram que já estava cheio... A mim soa-me a vistas curtas, a má política.

A gestão daquele café era uma vergonha, mas, de facto, fechar e abrir concurso para concessão no Verão (?!??)... é de loucos.

Ana Oliveira disse...

André: ao domingo a feira está mais composta... ao sábado por vezes está mais desfalcada. Quanto à política da organização não sei. Já vi pessoas recusadas e pessoas aceites. É tentar outra vez (?)