10 dezembro, 2006

Das ideias que os outros me dão

Às vezes os posts que aqui escrevo e ilustro têm a ver com coisas vi acontecer, das quais apenas ouvi falar ou que me aconteceram a mim.. ocasionalmente há também uns que nascem de pedidos que as pessoas fazem, ou sugestões para desenhos. Foi o caso destes acrobatas, feitos onde durante o copo de água do casamento da minha amiga, e que aliás, lhe pertencem.
Sometimes what i post here, both text and illustration, are about things i saw happening, things that i only heard about or things that happened to me.. ocasionally some drawings come from the things people ask me to draw, or suggestions for a certain drawing. That happened with these acrobats, done yesterday during my friends wedding party. And who, by the way, these drawings belong to. A inspiração é obviamente de Picasso, sobretudo para as roupas fantásticas que ele desenhava nos seus acrobatas... O penteado desta menina de xadrez é o mesmo da noiva! The inspiration is obviously from Picasso, specially the way his acrobats used to dress... This girl's hair is similar to the bride's!
Desta vez escolhi umas folhinhas de papel medonhas para aguarela.. demasiado fininhas, e muito pequeninas, porque aliás pouco mais cabia na minha malinha-de-casamentos, que já contava com uma caixa de aguarelas, duas canetas, um lápis, uma borracha, lenços de papel, o telemóvel e mais umas merdinhas... Foi um desafio, mas acho que resultou! This time i picket a very bad kind of paper to paint in.. it was too thin and small. But i couldn't take much more on my wedding-purse, that already had inside a watercolor box, two pens, a pencil, a rubber, tissues, my mobile and some stuff... it was a challenge, but i guess it worked out!

14 comentários:

menir disse...

Resultou pois!! Ai a gramagem versus malinha-de-casamento... Duvido que quem as faz (malinhas) pense nesses acessórios todos, se bem que para algumas pessoas estes sejam bem mais essenciais que outros. ;)

Ana Oliveira disse...

Ah pois são mais essenciais! Eu nem levei maquilhagem para dar retoques nem nada, porque estava a ocupar espaço precioso! Nem a costumeira escova de dentes.. mesmo as aguarelas foram reduzidas ao numero de cores essencial para lá caber um mini pincel, o lápis e a borracha :-)

Silvia Rodrigues disse...

A ideia de te imaginar a "aguarelar" junto aos noivos dançantes faz-me sorrir :)

Ana Oliveira disse...

Sílvia: As pessoas passavam pela minha mesa, olhavam para mim de pincel em riste, caixinha das aguarelas aberta e copo de água e diziam:

"Ai! Temos uma pintora!!!"

E eu, muito rapidamente, e com uma voz algo suplicante dizia:

"Mas eu sou escultora!!!!"

Ana Rita disse...

Parabéns pelos teus desenhos que tanta ternura transmitem.

florbola disse...

Deve ter sido giro esse casamento : ))))

Uma artista nunca se esquece dos seus materiais, mesmo que a mala seja pequenina ; ))))

Beijinhos!

Joana disse...

Que queridoo! Aposto que o tempo morto da tarde passou mais depressinha. [se é que o casamento era o dia todo]. Eu nuncaaa sei o que fazer nesses dias!

*

Constança disse...

Achei especial o facto de teres obtado por levar as tuas coisinhas de pintura e não as habituais extravagâncias de senhora.

Quanto ao desenho: 'a arte não se mede ao palmos!'

:)*

Silvia Rodrigues disse...

lol sim! SR DOUTORA ESCULTORA!! Nada de me confundirem com pintora ehehe Aqui entre nós.. A verdade é que é um vicio.. O desenho, a pintura, as aguareladas... ;) Pelo menos para mim... Embora a menina seja muito mais dotada! Beijinhooos P.S. Vemo-nos no jantar de sexta?

Ana Oliveira disse...

Ana Rita: Obrigada!

Florbola: Foi divertido, lá isso foi!

Joana: Ajudou bastante a esquecer os meus pés, que estavam gelados.

Constança: Já não é a primeira vez que faço isto de levar as aguarelas comigo, mas às vezes opto por não o fazer, para não estar tão isolada do resto do mundo.

Silvia: Até sexta minina!

ikki disse...

Um dia gostava...repito...

Gostava mesmo...

Ana Oliveira disse...

ikki, não percebi...

ikki disse...

Gostava que um dia "desenhasses" um texto meu. Mas a fila de espera deve ser enorme.

Ana Oliveira disse...

Ikki: Não há fila absolutamente nenhuma. Faz a proposta e logo se vê o que é que consigo desenhar!