17 agosto, 2006

Kits

Há algum tempo andei a fazer berloques para o cabelo da minha prima-noiva. Foi uma altura em que me especializei em fios de nylon, fios de arame, alpaca e tudo o que era missangas-tom-de-pérola, brancas, transparentes e ainda as pérolas falsas de todos os tamanhos, feitios e tonalidades. Nessa altura por acaso, em conversa com uma amiga, surgiu o conceito de kit-noiva. Era uma possivel ideia para um possivel trabalho conceptual, não muito o meu género, mas que era constituido exactamente pelos mil saquinhos que eu levava sempre comigo, cheios de missangas e perlimpimpins, sempre à procura do tom perfeito.
O casamento passou mas a ideia dos kits ficou. Hoje lembrei-me deste.
(Esta é daquelas ideias que eu só tenho uma vez por mês... felizmente)

6 comentários:

Ana Oliveira disse...

Nota: acabei de actualizar o desenho.

Cell disse...

Neste kit podias sugerir uma terapêutica: sessão de osteopatia. Vai por mim. Se os seus sintomas são dor de cabeça, vá ao osteopata; se lhe dói algum osso, vá ao osteopata; se algum orgão interno torcer, vá ao osteopata; se lhe doer os pés, vá ao osteopata; se estiver com dores menstruais (rins, pernas, etc), vá sem dúvida ao osteopata.
Isto tudo só para te dizer: VAI AO OSTEOPATA mas, se possivel, e para eu ficar mais tranquila, vai ao meu... :)

Ana Oliveira disse...

Cell! :) ehehehe... bem, eu por acaso não padeço destes males todos (se calhar é por isso que falo disto com tanta ligeireza) mas obrigada na mesma!

gnoveva disse...

muito engraçado ana! que vontade de saber desenhar assim! que sortuda! :)

menir disse...

Muito completo e com explicações detalhadas, só falta o manual para terceiros(tipo mapa) de "Como lidar com a gaja em alturas de TPM"...

Sara disse...

Foste tu que fizeste os "berloques" que a prima Ana levava?! É que estavam mesmo giros!
Este kit é do melhor, lol.