15 junho, 2006

Estas senhoras de cor de rosa que nos rodeiam

Quem anda ou andou nas Belas Artes do Chiado, conhece decerto as senhoras de cor de rosa que se passeiam nos corredores da faculdade... Há-as espalhadas pelos vários pisos, mais ou menos com as mesmas ocupações e todas, mas todas, de cor de rosa.
É a elas que pedimos as folhas de requisição de espaços e materiais ou o favor supremo de nos abrirem a porta de uma sala de aula. É também a elas que fazemos aquelas perguntas fatídicas, que para nós podem significar a salvação do curso ou a condenação de ver as paredes do convento para toda a eternidade.. mas que para a mais comum das senhoras de cor de rosa devem significar apenas que somos todos muito doidos ou muito stressados ou ambos. Alguns exemplos destas perguntas: "O Professor Y está cá??? (preciso meeesmo de falar com ele!)", "Já sairam as pautas de Geometria???"
Mas eu gosto sobretudo das que usam as televisões requisitáveis no segundo piso para ver o Bom Dia Portugal de manhã, ou as que se reúnem ocasionalmente no primeiro piso para comprar, discutir e provar roupa interior com muita renda e muito folho e outras preciosidades do pronto a vestir que uma delas lá arranja maneira de levar num grande saco.
Das melhores saídas que já lhes apanhei, foi há uns anos a uma pequenina e despachada que chamava "bombom" a um certo professor de Estética, que de resto ainda exerce a docência na Faculdade... ou algo parecido com isso.
Enfim, não se deixem levar pelas batas cor de rosa e pelo chinelo de enfiar no dedo, nem mesmo pelo ar dengoso com que se movem, porque estas senhoras são duras de roer!
Este foi o desenhinho que me ocorreu há uns dias depois duma animada conversa com uma amiga de curso e de turma, na nossa cantina (que provavelmente também servirá de inspiração para muitos e bons desenhos num futuro próximo..)
A título de curiosidade: este desenho foi feito com uma caneta Rotring xonox graphic 0.1 que não debota depois de seca, e colorido com Ecoline cor de rosa nº 381, não diluido, que é muito semelhante ao tom das batas originais!
Sorry, its way to complicated to translate!

9 comentários:

Vodka e Valium 10 disse...

Não interessa bem a cor: a verdade é que essas batas nos perseguem, quer seja nas faculdades, nas repartições de finanças ou ministério da educação.

Mas esqueces-te que ainda há mais do que 'Ah, isso não sei'. Há também o 'Não me espezinhem o chão que acabei de limpar!!!'

Ana Oliveira disse...

Ahahahahahahahaha!! É mesmo... mas neste caso não, porque as senhoras de cor de rosa não fazem limpeza. Isso é para as da Vadeca. Calha bem ter lido isto logo hoje, acabadinha de vir da segurança social...

Ana Oliveira disse...

post scriptum: Vodka e valium 10, vi o teu blog e gostei muito. A sério. Obrigada por me adicionares à lista :)

Rita disse...

lindo!
*

Anónimo disse...

Essas senhoras que vocês apelidam de "cor-de-rosa" são fantásticas! se há elementos que tenham deixado saudades nessa escola de gente maluca, são elas...

Estou-lhes a dever uma caixa de bombons e um vinho do Porto!

VIVA O GDC!!!

Ana Oliveira disse...

GDC? Qué isso? E sim, claro que as senhoras de cor de rosa são deliciosas... não as desenharia se não gostasse delas...

Anónimo disse...

Deviam ter mais respeito por essas senhoras!
São ser humanos como vocês

Ana Oliveira disse...

Eu respeito-as. Brincar com isto não quer dizer que não as respeite

Naomi disse...

dolores umbridge!!!!